MUSICÁLOGOS

O 3º encontro de MUSICÁLOGOS irá juntar Jorge Roque (cantor e compositor do Alentejo) e Viviane (cantora e compositora, a residir no Algarve) em dois dias de residência em Évora com apresentação pública dia 19 de Janeiro pelas 22h, na Sociedade Harmonia Eborense, com moderação de Tiago Castro (músico, compositor “Acid, Acid” e radialista da SBSR).

Capote Música

Projecto cultural e musical ensaiador de ideias e afinador de concretizações, formado por uma equipa multidisciplinar de músicos, produtores e criativos que trabalham na promoção e valorização da música portuguesa e descentralização cultural – seja a nível territorial, seja a nível de programação.

Através de eventos como o Capote Fest, À Sombra, Musicálogos, Music’Aldeia e de outras produções, tem investido num intercâmbio de igual para igual com o que melhor se faz pelo país fora em termos de criação e programação musical, trabalhando no desenvolvimento de um circuito alternativo, sustentável e de continuidade, que dê visibilidade à música portuguesa e aos locais de acolhimento e de apresentação, com conceitos e formatos diferenciadores.

Para além dos eventos musicais, a Capote cria e desenvolve projectos artísticos, multidisciplinares e colaborativos com e para a comunidade; O seu projecto de mediação artística Portadores de Arte (Évora 2021), é exemplo desse trabalho.
Dedica-se ainda a apoiar na promoção e agenciamento de bandas portuguesas emergentes e independentes.

Acreditamos em forças combinadas, no trabalho em rede, entre músicos, agentes e programadores, como forma de chegar mais longe e a mais pessoas.

Temos a sensibilidade para conceber e produzir projectos de acordo com o território, identidade e comunidade com que trabalhamos. Num regime colaborativo, criamos eventos que representem os territórios e os elevem em termos de oferta cultural, artística e turística, num formato atractivo para os diversos públicos.
Estamos a construir a Rota do Capote e queremos mapeá-la por Portugal afora.

A Capote Música nasce em Évora em 2011 e a 3 de Novembro de 2020, constitui-se formalmente enquanto associação, denominando-se Capote – Associação Cultural.
A Capote – Associação Cultural conta com o apoio da “República Portuguesa – Cultura I DGARTES – Direção-Geral das Artes” e da Câmara Municipal de Évora.

Agenda

MUSICÁLOGOS

jorge roque E Viviane
SOCIEDADE HARMONIA EBORENSE

19 janeiro | 22:0019